.

Assembléia Cristã em Londrina - Irmãos em Londrina - Congregação Cristã em Londrina - Igreja Cristã em Londrina - Igreja doméstica - Igreja em casa - Igreja Primitiva - Igreja Apostólica...

Translate

sábado, 25 de fevereiro de 2017

A questão do Dizimo!

O dizimo é bíblico, mas o famoso dizimo moderno, ensinado por muitas igrejas brasileiras, não faz parte do cristianismo primitivo, as sagradas escrituras em parte alguma ensinam que o cristão deva dizimar. Uma analise mais cuidadosa das escrituras comprova que o dizimo não era entregue em dinheiro mas em alimento ao pobre e necessitado, assim como era herança do levita; os levitas eram os encarregados pelo uso correto do dizimo:
Num 18:21 - E eis que aos filhos de Levi tenho dado todos os dízimos em Israel por herança, pelo ministério que executam, o ministério da tenda da congregação.
Num 18:24 - Porque os dízimos dos filhos de Israel, que oferecerem ao Senhor em oferta alçada, tenho dado por herança aos levitas; porquanto eu lhes disse: No meio dos filhos de Israel nenhuma herança terão.
Num 18:26 - Também falarás aos levitas, e dir-lhes-ás: Quando receberdes os dízimos dos filhos de Israel, que eu deles vos tenho dado por vossa herança...
Deu 12:11 - Então haverá um lugar que escolherá o Senhor vosso Deus para ali fazer habitar o seu nome; ali trareis tudo o que vos ordeno; os vossos holocaustos, e os vossos sacrifícios, e os vossos dízimos, e a oferta alçada da vossa mão, e toda a escolha dos vossos votos que fizerdes ao Senhor.
Deu 14:22 - Certamente darás os dízimos de todo o fruto da tua semente, que cada ano se recolher do campo.
Deu 14:23 - E, perante o Senhor teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, comerás os dízimos do teu grão, do teu mosto e do teu azeite, e os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas a temer ao Senhor teu Deus todos os dias.
Deu 14:28 - Ao fim de três anos tirarás todos os dízimos da tua colheita no mesmo ano, e os recolherás dentro das tuas portas;
Deu 26:12 - Quando acabares de separar todos os dízimos da tua colheita no ano terceiro, que é o ano dos dízimos, então os darás ao levita, ao estrangeiro, ao órfão e à viúva, para que comam dentro das tuas portas, e se fartem;
Os cristão estão livres desta obrigação, porém devem consagrar todas as suas coisas a Deus, vivendo não pelos bens deste mundo, mas usando o que Deus lhe deu para socorrer ao pobre, ao necessitado, evangelizar, etc.
No primeiro dia da semana cada um de vós ponha de parte o que puder, conforme tiver prosperado, guardando-o, para que se não façam coletas quando eu chegar. 1 Coríntios 16:2.
Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, nem por constrangimento; porque Deus ama ao que dá com alegria. 2 Coríntios 9:7.
Por isso o Senhor, em vez de simplesmente pagar o dizimo, ordenou repartir os bens entre os pobres; e não unicamente estar dispostos a dar e compartilhar, senão também a dar generosamente àqueles que nos arrebatam nossos bens: Se alguém te tira a túnica, dê-lhe também o manto; não lhe reclames ao outro o que te arrebata; e trata aos demais como queres que eles te tratem. Irineu (180 d.C.)
Por esta razão eles consagravam o dizimo de seus bens. Em mudança, quem receberam a liberdade, consagraram tudo o que tem ao serviço do Senhor. Entregam-lhe com gozo e livremente o menos valioso, a mudança da esperança do mais valioso, como aquela viuva pobre que jogou no tesouro de Deus tudo o que tinha para viver . Irineu (180 d.C.)
A lei não exigir os dízimos de quem consagrou todos seus bens a Deus e deixou pai, mãe e toda sua família para seguir ao Verbo de Deus. Irineu (180 d.C.)
Mas eles (os falsos maestros), e a meu Juízo com toda razão, não querem ensinar abertamente a todos, senão só a quem podem pagar bem por tais mistérios. Pois estas coisas não se parecem àquelas das que disse o Senhor: Deem grátis o que grátis receberam. Irineu (180 d.C.)
Temos uma especie de caixa, seus rendimentos não provem de quotas fixas, como se com isso se pusesse um preço a religião, senão que cada um, se quer ou se pode, contribui uma pequena quantidade o dia assinalado de cada mês, ou quando quer. Em isto não há compulsão alguma, senão que as contribuições são voluntarias, e constituem como um fundo de caridade. Efetivamente, não se gasta em banquetes, ou bebidas, ou festas chabacanos, senão em alimentar ou enterrar aos pobres, ou ajudar aos meninos e meninas que perderam a seus pais e seus bens, ou aos anciãos confinados em suas casas, aos náufragos, ou aos que trabalham nas minas, ou estão desterrados nas ilhas ou prisões ou nos carceres. Tertuliano (197 d.C.)
O dízimo moderno na forma de de 10% das posses dos fiéis, foi uma prática pagã, institucionalizada pelo catolicismo romano no Concílio de Macon, em 585. Uma breve analise das escrituras revela que em parte alguma existe o percentual estabelecido em 10% das posses, um fato notável é que na maioria das igrejas que permaneceram desligadas do catolicismo romano, como algumas igrejas no oriente, Africa, etc., este dízimo não existe, nem existiu.
Aos que possuem dúvida sobre o assunto, recomenda-se pesquisar sobre o dizimo no judaísmo (acrescentem a pesquisa "tsedacá" e "maasser") e encontrarão facilmente provas de que o dizimo ensinado por muitos é mera heresia.
Se alguma igreja impede alguém de fazer parte dela por não dizimar 10% de seus bens ao templo, esta indo além do que esta escrito!
Postar um comentário

Google+ Followers