Justiça condena igreja evangélica a indenizar terreiro após morte de Ialorixá em Camaçari


veja publicação na íntegra no link abaixo

https://coracaocristaobr.blogspot.com.br/2018/02/justica-condena-igreja-evangelica.html

Justiça condena igreja evangélica a indenizar terreiro após morte de Ialorixá em Camaçari

fonte: https://lucasbz.jusbrasil.com.br/noticias/241505376/justica-condena-igreja-evangelica-a-indenizar-terreiro-apos-morte-de-ialorixa-em-camacari



INTOLERÃNCIA RELIGIOSA OU PERSEGUIÇÃO? DE QUE LADO ISTO OCORRE?

 --Muitas são as ações jurídicas que correm por parte da intolerância religiosa em nosso país, mas ao que vemos só os evangélicos são chamados de intolerantes. igrejas, pastores, ministros, membros evangélicos são alvos de inúmeros processos os fóruns Brasil a fora. Tudo por supostamente praticarem perseguição, intolerância religiosa, costumeiramente feitas contra religiões afro-culturais. É do conhecimento de quanto a igreja evangélica foi perseguida no mundo durante vários séculos. Quem não conhece o período chamado das trevas por que passou a humanidade, da perseguição dos chamados "protestantes", quando morreram vítimas da tão negra e obscura inquisição?  VAMOS ABRIR NOSSOS CORAÇÕES ! propaguemos a páz, o amor de Jesus, o seu evangelho puro e com sabedoria. Não fomos chamados para incitar o ódio, nem a intolerância. Ainda que muitos se estabeleçam nas palavras do Senhor. "Não cuideis que vim trazer paz na terra, mas dissenção." O Senhor disse isto, pois já previa que o futuro da humanidade faria isto, pois o homem disputa com seus semelhantes o poder. Que poder? O poder de se achar ser o dono da verdade. Muitos acham que já estão salvos, são privilegiados espiritualmente, porém com seus atos, suas palavras condenam o seu semelhante, nada sabendo, nada conhecendo do que realmente existe dentro do coração do outro. Só o Senhor conhece o coração do homem, a Ele pertence fazer o juízo. Tomemos exemplo do apóstolo Paulo, que pregava a Palavra de forma abrir o coração dos ouvintes e não incitar revoltas nem mesmo o ódio. antes religiosos e seguidores de seitas é que o perseguiam, e que incitavam as turbas de gentes para tentarem impedir que o mesmo anunciasse o evangelho. Devemos então temer as leis, e tribunais hoje existentes e teremos porventura que parar de anunciarmos o Evangelho? Existe uma grande diferença em anunciar o evangelho de Cristo, e promover intolerância. Basta entendermos que Jesus veio para ensinar o caminho da Salvação e não da condenação. Antes o desejo é de evitarmos a condenação de nossas almas.
0